Archive for the 'Friday Night Lights' Category

Temporada 2007/08 – FRIDAY NIGHT LIGHTS

Volto hoje para falar de Friday Night Lights. A minha queridinha da temporada 2006/07.

Friday Night Lights foi uma surpresa agradável quando estreou. Uma das preferidas da crítica (infelizmente, nem tanto do público) acabou revelando-se uma das melhores séries que a TV americana já foi capaz de fazer.

Logo a série mostrou um texto rápido, situações mais próximas do nosso cotidiano, um roteiro espetacular, um elenco primoroso, e uma fotografia impecável. Mas se teve uma série que foi prejudicada pela Greve dos Roteiristas, essa foi FNL. E isso foi muito prejudicial a série, já que ela precisa reagir na audiência, pois o que segura ela no ar é a boa crítica e uma recepção positiva por parte de alguns diretores do NBC.

A temporada foi muito boa, mas caiu levemente de qualidade, uma coisa aceitável para mim, pois como já disse aqui no blog, muito impossível uma série que teve uma primeira temporada ótima, manter o nível na segunda (a única exceção foi Dexter). A única coisa realmente ruim foi que a temporada não teve um fim. Várias histórias foram abertas, mas não finalizadas, e duvido muito que terão um final satisfatório, na próxima temporada.

PONTOS POSITIVOS: A fotografia da série continua incrível. E o roteiro também. As novas histórias dessa temporada foram ótimas. Desde o improvável romance de Tyra e Landry, até a rebeldia Julie. Foi tudo muito bem disado, tudo muito real. Aliás, a realidade de FNL é incrível, tudo ali parece ser tirado do nosso cotidiano, vemos o drama do vizinho, o romance do nosso colega, a história da TV, tudo ali, em Dillon.

PONTOS NEGATIVOS: Faltaram mais jogos. Futebol americano é a grande premissa da série, e foi meio deixado de lado nessa temporada. Tivemos jogos, assim como tivemos treinos, mas e menor quantidade, e com menos importância que na primeira. Outro ponto negativo foi a falta de um final. Por causa da greve, a temporada acabou com muitas pontas soltas, e que com certeza, não serão abordadas na próxima, já que os produtores devem dar atenção aos novos dramas.

MELHOR PERSONAGEM: Bem difícil escolher apenas um. Alguns como o Treinador Eric Taylor e Tim Riggins com certeza merecem esse prêmio, assim como “o 6” Jason Street. Mas para mim, nessa temporada, a melhor personagem foi Julie Taylor. Adolescentes revoltadas temos um monte na TV, mas com aquela realidade, só ela. Deu uma aula para Marissa Cooper. O fim do namoro com Matt, os problemas familiares, e o nascimento da irmã, fizeram a personagem crescer assustadoramente nessa temporada.

PIOR PERSONAGEM: Lyla. Ela é uma personagem interessante, de grande importância para a série, e com um destaque na 1ª temporada. E quando li os spoilers que diziam que ela se tornaria religiosa, imaginei coisas ótimas para ela, mas me enganei ! Ela virou uma personagem chata e repetitiva, sem muito destaque. Suas aparições eram, quase todas, para apontar os erros do Riggins. Tudo bem se isso durar 2 ou 3 episódios, mas uma temporada toda ? Tenha dó ! Foi um desperdício da personagem que, repito, é ótima. Seu único momento bom na temporada foi na viagem ao México que fez com Tim e Jason. Só !

SURPRESA DA TEMPORADA: O Season Finale (se é que podemos chamar assim), e não foi uma surpresa agradável… Diria decepcionante. Os Panthers mereciam um final digno (lembrando que esse poderia ser o final da série, uma vez que ela esteve bem próxima de ser cancelada). Outras surpresas: o namoro de Landry e Tyra e o fim do namoro de Matt e Julie.

TOP 5 – MELHORES EPISÓDIOS: Impossível dar valor aos episódios. Todos mantiveram o mesmo nível, o que torna impossível escolher o melhor ou o pior. Dou um destaque maior para o episódio que traz Tim, Lyla e Jason no México (2×05), e ao episódio do tornado (2×10).

PIOR EPISÓDIO: Nenhum. Todos mantiveram o nível.

MELHOR ATOR E MELHOR ATRIZ: Kyle Chandler (Eric) e Aime Teegarden (Julie).

MELHOR CENA: Várias cenas do episódio no México (2×05). Desde Street “nadando”, o seu “resgate” na praia, e a cena final do episódio, com os três curtindo junto.

EXPECTATIVAS PARA A PRÓXIMA TEMPORADA: Que a série se mantenha ótima (melhorar é difícil, mas não impossível – vide Dexter). Que Lyla receba uma nova storyline, ou que reaproveitem melhor a que já deram para ela. Que mostrem mais jogos de futebol. Que tenha histórias com início, meio, e fim ( o que deve acontecer agora, sem greve). Enfim, mais Friday Night Lights !