Archive for the 'Lost' Category

TEMPORADA 2007/08 – LOST (4ª Temporada)

Como eu disse no meu primeiro post eu iria escrever sobre as séries mesmo que elas não estejam em exibição… Então, mãos a obra !

Bem, a partir de hoje, farei posts com a minha (humilde) opinião sobre todas as séries que acompanhei na Temporada 2007/08 de séries, tanto das que voltam para uma nova temporada, quanto as estréias. Essa temporada que passou foi muito tumultuada graças a essa greve dos roteiristas (leia-se o terror de todos fãs de séries) que afetou todas as séries da TV americana.

E para começar: LOST, 4ª Temporada !

Falar sobre Lost é meio complicado, porque todo mundo que assiste Lost dá a sua opinião, há milhões de opiniões aí pela net, é só googlar para ver, uma diferente da outra. Mas, sendo Lost minha série preferida, eu me sinto obrigado a comentá-la.

Lost tem uma história engraçada. Em sua estréia, em 2004, ela se tornou fenômeno de audiência, teve um sucesso estrondoso só no seu espetacularmente caro pilot, e igualmente bem feito, trazia a assinatura de JJ Abrams e uma sinopse que chamava atenção. Porém Lost teve seu declínio muito antes do que esperavam seus produtores, e teve uma 2ª temporada que foi um fracasso. Até Darlton (Damon Lidelof + Carlton Cuse, produtores da série) assumiu ter errado a mão no segundo ano da série. De uma série de megasucesso e com um potencial enorme, Lost se tornou um poço de mistérios e chata. Outra coisa que atrapalhou a série foi o fato de ela se tornar cada vez mais cult. As pessoas que a princípio assistiam a série querendo ver um bando de pessoas querendo sobreviver a um desastre aéreo, se viram forçadas a pensar, colocar o cérebro pra funcionar, e isso assustou alguns preguiçosos telespectadores. A 3ª Temporada foi revigorante, deu um novo ar a série e fez com que muitos telespectadores dessem uma nova chance a Lost, mas mesmo assim, a série não tinha mais a mesma magia que tivera em sua 1ª Temporada. Na tivemos episódios ótimos, seguidos de alguns não tão bons, mas isso foi o começo da recuperação de Lost, que teve seu ápice em “Through The Looking Glass ” Season finale da 3ª T, que foi quando os produtores nos mostraram o primeiro FlashFoward de Lost, e vimos que sim, eles sairiam da ilha (naquela época não sabíamos direito quem eram eles, sabíamos que pelo menos Jack e Kate sairiam) e isso nos deu fé de que os mistérios seriam resolvidos. Esse season finale abriu as portas para a brilhante 4ª Temporada.

Se eu gostei da 4ª Temporada ? Adorei ! Se acho ela primorosa em todos os momentos ? Não. Os erros continuaram, mas Darlton não são deuses, mas são heróis, pois nos apresentou a maior reviravolta da história da TV. A premissa da temporada era “Defenda a ilha”, e isso aconteceu, tivemos duelos de grande porte em “The Shape Of Things To Come”, e tbm un pequenos, como em “There’s No Place Like Home”. Tivemos momentos romanticos, em “The Constant”. Tivemos revelações surpreendentes, em “The Economist”e “Eggtown”. Tivemos episódios, no mínimo, fracos, como “The Other Womam”. E tivemos, como era de se esperar, uma Season Finale espetacular: “There’s No Place Like Home”.

PONTOS POSITIVOS DA TEMPORADA: A definição de um tema para a série: a guerra sobre a ilha. Se Lost tem um protagonista, diria que seria ela, a ilha. De um lado temos Benjamim Linus e do outro Charles Widmore. E os losties ? Sua participação nessa guerra nós ainda não sabemos. Irão eles ficar com Ben ou com Widmore ? Irão eles também lutarem pela ilha ? Acredito, que esses sejam assuntos pra última temporada. Mas saber que esses dois grandes personagens estão na trama central de Lost é gratificante. A história de Jack é outro ponto positivo. Embora os flashfowards fossem apresentados para a gente fora de ordem, no final, os produtores ligaram todos, e no centro da história tivemos Jack, visivelmente o herói da nossa saga, que agora tentará corrigir seus erros. Os últimos pontos positivos são: a hsitória de Penny e Desmond (um amor igual ao deles, em meio a uma guerra, é uma coisa muito interessante. Fora que, eles estão no centro da história principal da série, e Pen será a segunda coisa mais procurada daqui pra frente em Lost) e uma história bem amarrada (ao término do Season Finale, vimos como os produtores fizeram uma história bem amarrada, tanto na ilha, quanto nos flashfowards).

PONTOS NEGATIVOS: o episódio The Other Woman. Disperdiçaram um episódio com uma sinopse interessante e focado numa personagem ótima de forma assustadora. Tudo se tornou muito previsível e o flashback de Juliet ficou meio desconexo com os acontecimentos na ilha. A morte de Rosseau, não acredito que uma das melhores e mais enigmáticas personagens da série morreu, no meio da quarta temporada, depois de mínimas participações nas outras 3. 12 episódios, temos que ficar quase um ano sem a nossa querida série (tá, isso é culpa da ABC, mas é um ponto negativo). Personagens mal utilizados, nem me refiro aqui as participações mínimas de alguns personagens com potencial enooorme do cargueiro, mas sim os personagens da ilha mesmo. Personagens como Sawyer, Juliet, Claire, e outros, acabaram virando meros figurantes. Os flashfowards se centravam nos Oceanic Six, e na ilha só dava Ben, Widmore (que não estava bem na ilha) e Locke. Os membros da expedição também foram desperdiçados, depois de “Confirmed dead”, esperamos coisas gigantescas vindo de Miles, Daniel, Charlotte e Lapidus. Mas eles foram deixados de lado, e suas histórias também.

MELHOR PERSONAGEM: Benjamim Linus. Sempre. Como disse em cima, Lost começou a recuperar sua audiência na 3ª Temporada, que foi justamente quando Linus começou a entrar e destaque. Linus é, de longe, o melhor personagem de Lost, e grande parte disso graças a Michael Emerson, que é brilhante.

PIOR PERSONAGEM: Regina. Escolher um pior personagem é quase impossível. Não diria que tivemos um. Tivemos mesmo foi personagens mal-utilizados, e a lista é longa. Sawyer, Claire, Juliet, Dan, Charlotte, Miles, Lapidus, Bernard, Rousseau (muitoo), Alpert (tá, demorou pra ele ficar livre de Cane, eu perdoo esse), e muitos outros. Mas a Regina foi demais. Só vimos ela em dois momentos na temporada, e ela estava com a tal doença. Era uma personagem que poderia ter rendido muita coisa, mas acabou hiper-desperdiçada.

MAIOR SURPRESA DA TEMPORADA: Sem dúvidas nenhuma, foi a revelação do morto do caixão. Quem poderia imaginar que era Locke ? E o pior é que essa revelação abre espaço para muitas dúvidas passarem por nossas cabeças. Só veremos mais sobre isso, ano que vem, infelizmente.

TOP 5 – MELHORES EPISÓDIOS:

1. The Constant (4×05 )

2. There’s No Place Like Home (4×12 – Partes 1,2 e 3)

3. The Shape Of Things To Come (4×09)

4. Cabin Fever (4×11)

5. Meet Kevin Johson (4×08 )

PIOR EPISÓDIO: The Other Woman (4×06)

MELHOR ATOR e MELHOR ATRIZ: Michael Emerson Evangeline Lilly.

MELHOR CENA : O telefonema de Desmond e Penélope em ‘The Constant’ (4×05 ).

EXPECTATIVAS PARA A PRÓXIMA TEMPORADA: Cada temporada de Lost é imprevisível, os produtores sempre nos surpreende, prefiro nem ter muitas expectativas nesse momento.

LOGO, OUTRO POST PARA EXPLICAR O TOP 5 DE EPISÓDIOS DA TEMPORADA !

Anúncios