Archive Page 2

Two and a Half Men – S06E08 – Pinocchio’s Mouth

Alan conversando com Jake...

O enredo do episódio desta semana é basicamente composto por duas histórias, em uma a nova namorada de Charlie quer que ele durma em sua casa, enquanto isso, Alan tem problemas com sua autoridade com Jake ao lhe aplicar um castigo.

Em geral, esse novo episódio me agradou muito em relação ao humor. Na minha opinião, a história de Charlie e sua namorada foi muito fraca e sem criatividade, pois já virou clichê da série mostrar como Charlie age, do seu modo sem vergonha e engraçado, apesar claro, desta ter partes muito bem planejadas e engraçadas. O que salvou o episódio na minha opinião foi a história do castigo de Jake com Alan, que mostra que Jake está crescendo influenciado por Charlie, essa história tem a burrice de Jake em algumas cenas, como a do Laptop e a do Piano que foram as que mais me divertiram, mostrando um bom desenvolvimento de Jake, como muitos criticavam. A participação de Berta em ambas as histórias foi divertidíssima como na preparação da “mala” de Charlie e na discussão entre Jake e Alan, fazendo papéis secundários, que ajudam a divertir a história. A melhor cena do episódio para mim foi a do banheiro do Charlie, que Alan com simplicidade demonstrou uma ótima forma de humor. Como sempre, vemos a casa bem ambientada, cenas bem planejadas e dirigidas e uma boa qualidade de vídeo (obrigado HDTV) fazendo de Two and a Half Men, meu seriado de comédia favorito, bem atrás de Friends, que é eterno.

Espero que tenham gostado e até a próxima, Vitinho995.

Anúncios

Josh Schwartz – Esse é o nome (Parte II – ‘Gossip Girl’)

Josh Schwartz

Como disse no último post, dei abertura aos comentários das temporadas das séries que estou acompanhando com essa homenagem ao criador de duas delas: Josh Schwartz. Ele tem feito um ótimo trabalho em Chuck (comentado na Parte I) e Gossip Girl, da qual falarei agora.

Se me pedissem para falar brevemente da temporada até aqui eu diria: “2 episódios medianos e 8 sensacionais”. Infelizmente, quando parei de comentar da série aqui, eu só tinha assistido aos dois episódios medianos. E de lá pra cá muita coisa melhorou, e muito.

gossip-girl

Gossip Girl só não está perfeita porque o Dan ainda está vivo. Ele é a única coisa que estraga o ótimo momento pelo qual a série vem passando. Os personagens estão cada vez melhores, os roteiros estão verdadeiras obras-primas, direção, trilha, figurino…. TUDO está absolutamente impecável.

Chuck e Blair não tem nem o que falar. Sempre foram os meus motivos de assistiar a série e estão melhores do que nunca. A partir do momento que os joguinhos dos dois passaram a ser direcionados um contra o outro, a série ganhou uma nova perspectiva e eles se tornaram o casal mais estranho da TV atualmente. Eu descobri que o motivo do meu ódio pela Serena era o Dan, uma vez que, desde que se separaram, ela subiu uns 150% no meu conceito. E a sua fase de Queen S rendeu ótimos episódios (e sim, me refiro aos da Fashion Week e de Yale), pena que durou tão pouco. Rufus tá chatinho, mas prefiro esperar mais um episódio pra falar dele. Nate não está no seu pior momento, mas ainda assime espero uma trama melhor pra ele do que dormir com a Duquesa. Vanessa está tão neutra que tem vezes que eu esqueço que ela existe. O pior é que quando ela aparece, SEMPRE estraga alguma coisa pra alguém. O pior é que o bom momento da série é tamanho que até personagens como Lilly, Bart e Dorota – sim, a babá – estão ganhando destaque.

A direção continua ótima e a trilha sonora nem se fala. Só andava sentindo mais saudades das cenas externas de New York, que ultimamente se resumia à galeria, ao “terraço” do hotel da Serena e algumas cenas noturnas. Entretanto, isso foi corrigido pela cena do último episódio, na cena da Times Square.

Quanto aos novos personagens me resumo a dizer que o Aaron é um saco, seu pai eu espero algumas coisas de sua convivência com a Blair e a Kaitlin Cooper Agnes está bem, mesmo sendo uma simples participação.

Não faltou uma personagem ? Sim, a little J. Deixei ela pro final pelo seu papel nos últimos episódios: SEN-SA-CIO-NAL ! A garota puxou pra si o trabalho e tomou conta dos dois últimos episódios exibidos. Sua trama está ótima e sendo desenvolvida no ponto, sem uma superexposição. Fora que o visual rebelde a deixou mais linda do que nunca. Os episódios do “desfile de sua linha” é, sem dúvidas nenhuma, um dos melhores da temporada. A pequena Humphrey já passou pra trás Eleanor Waldorf e as outras garotas da série que se cuidem – menos a Blair, que é insuperável.

Com a sequência de episódios bons, me arrisco a dizer que The OC arranjou uma substituta a altura, e que GG é, sem dúvida nenhuma, a melhor série teen no ar atualmente.

E pra finalizar, uma coisa continua sendo ótima: a dublagem da Kristen Bell. Serena é gostosíssima, Blair, Vanessa e Jenny não ficam muito atrás, mas o meu verdadeiro amor na série é a Gossip Girl. Aquele XOXO dela me faz sonhar.

Ontem teve mais um episódio, que eu comentarei aqui ainda hoje ou amanhã, no mais tardar. Comentarei One Tree Hill, por isso, ele não terá uma postagem sobre os comentários da temporada.

Smallville – Oitava temporada (8.09 – Abyss)

SMALLVILLE

Smallville não poderia ter renascido das cinzas melhor. Depois de uma frustrante temporada pra os fans, a oitava temporada vem reconquistando aos poucos a confiança dos telespectadores. Afinal quem não gostaria de ver Clark trabalhando com Louis no Planeta Diário? E quem não gostaria de ver finalmente Doomsday ?

No último episódio exibido, Abyss, Brainiac tenta apagar as memórias de Chloe e Clark resolve “recriar” a fortaleza. O episódio deixou os fans com o coração na mão depois que Clark pede para Jor-EL recuperar as memórias perdidas de Chloe mas não deixar que ela “volte” sabendo do seu segredo. Essa foi a única forma que Clark encontra para protege-la. O interessante é que o capítulo mostrou as decisões difíceis que Clark tem que tomar para ser o que está destinado a ser.

Bem, o fato é que no próximo episódio, Bride, que vai no ar nesta Quinta, 20/11/2008, finalmente vai mostrar aos milhares de Fans o inimigo mais mortal do Superman, DoomsDay (ou Apocalypse como preferir). O interessante é que os produtores de Smallville já confirmaram mais um capítulo com a presença da Legião dos Super-Heróis, o que me leva a crer que Clark não consiguirá dar conta de Doomsday sozinho e a série aproveite para dar mais uma apimentada com uma brecha sobre o ínicio da Liga da Justiça.

Todas as apostas em Bride.

Enjoy It

Heroes – Terceira Temporada

Heroes-Villains

Terceira temporada em grande estilo. O último episódio lançado da terceira temporada de Heroes, Villains, terminou deixando os fans anciosos pela continuação. O Capítulo exibido em 10/11/2008, Contou toda estória ainda oculta na primeira e segunda temporada, levando os fans a finalmente enteder boa parte da estória por completo. O episódio contou também a estória de Arthur, Pai de Peter, Nathan e Sylar. Arthur que até então estava “morto”. Uma coisa que intrigou os fans foi o fato de Sylar ter jogado seu irmão, Peter, pela janela após ter suspostamente ido salva-lo de seu pai, e Peter após despencar de 7 andaderes sem seus “poderes” ter sobrevivido com ferimentos leves. Então fica a dúvida, Sylar passa para o lado supostamente bom ou continua no lado supostamente negro da estória? Apesar de muitas respostas o espisódio deixou varias outras perguntas, bem típico da serie.

A terceira temporada continua nessa segunda, 17/11/2008 nos EUA com o espisódio It’s Coming. “Arthur declara guerra à Angela e Peter e a todos que estão com eles.” divulga o site oficial de Heroes. Se quiserem saber o que acontecerá nesse episódio leiam no site original, afinal creio que a maioria odeia saber o que vai acontecer, e esse artigo não é sobre spoiler.

O Promo

Enjoy it.

Josh Schwartz – Esse é o nome (Parte I – ‘Chuck’)

Prometi falar mais detalhadamente sobre as séries que estou acompanhando. E duas das melhores são desse cara aí no título, esse cara que é, sem sombra de dúvidas, um dos maiores nomes da TV Americana.

Josh Schwartz

Foi ele que criou a melhor série teen da TV Americana, a extinta The OC. Ela marcou esse gênero na TV de forma incrível e, pelo menos para mim, dividiu a TV em ‘antes de The OC’ e ‘depois de The OC’.

Logo após o fim prematuro (?) da série de Ryan, Seth, Summer e Cia ele não se abateu e já começou a produção de duas séries: Gossip Girl (The CW) e Chuck (NBC), que estrearam no fatídico ano de 2007, o ano da greve dos roteiristas, o que atrapalhou as duas séries. Porém, elas voltaram para suas segundas temporadas em excelente forma.

CHUCK:

123456789

Chuck nunca foi uma série excepcional com uma história bem trabalhada. Ela sempre foi uma série pra você esquecer dos problemas, se divertir. Para que, nos seus 42 minutos de duração, você se divirta, ria muito e esquece do resto do mundo, pois nesse momento, só existe a Buy More.

De certa forma, ela continua assim. Já que não deixa ganchos grandes nos episódios e continua não tendo um história muito intricada. Mas que ela melhorou consideravelmente desde a primeira temporada, isso é fato. E olha que a série teve uma premiere ótima.

O elenco sempre foi sensacional e muito bem entrosado, mas com a ajuda de roteiros muito bons, como os recentes, a série tá deslanchando em sua segunda temporada. A história, mesmo sem ganchos, vem sendo cada vez mais atrativa, e os episódios, estão uns melhores que os outros. Meu TOP 3 da série é composto apenas de episódios dessa segunda temporada.

As participações espaciais estão presentes em todos os episódios, e não ficam muito atraz do excelente elenco. Vale destacar as participações de Melinda Clark (Julie Cooper, The OC) no 2×02 e Nicole Richie (Simple Life) no 2×03.

O 2×03, aliás, foi o melhor episódio da temporada até aqui. Nele temos um flashback e conhecemos mais sobre o passado da agente Sarah Walker, e temos também excelentes roteiro e direção, trilha sonora, elenco, etc.

Outra coisa a se destacar é que o Chuck está cada vez mais Charles Charmichael, se tornando um ótimo espião. Mas isso é feito de forma muito cuidadosa, para não parecer forçado e nem mudar a personalidade do protagonista.

Pena saber que está na corda bamba no NBC, por baixa audiência. Mas por favor NÃO A CANCELEM !!!

Nota da Temporada até aqui: 10

(Impossível não dar outra nota)

“Por onde andeeii…”

É, que eu tava sumido não é segredo pra ninguém. Mas vocês podem me perguntar o que eu andei fazendo, se desisti das séries, etc.

A resposta pra primeira pergunta é simples: a situação apertou lá na facul e tive que correr atrás do prejuízo. De um tempo pra cá minha vida é estudar. E com isso, desisti (temporariamente) de algumas séries, para que me sobrasse tempo para estudar.

Mas venho acompanhando outras fielmente. E essas, terão espaço garantido aqui, enquanto as que eu estou “atrasado” terão que esperar um pouco, mas voltarão.

Vou falar um as séries que continuo acompanhando e fazer pequenos comentários sobre elas:

One Tree Hill: Temporada morna. Nada muito empolgante acontecendo, mas os personagens continuam adoráveis como sempre, o que ainda não me fez desisti da série.

Gossip Girl: Temporada fantástica. Cada episódio é melhor que o anterior. Grande concorrente para preencher o lugar deixado pela finada The OC. Melhor série Teen da atualidade.

Chuck: Ótima temporada. Elenco impecável e roteiros cada vez melhores fazem dessa temporada muito melhor que a primeira, que já foi muito boa.

The Big Bang Theory: Temporada boa, mas abaixo do que eu esperava. Nada novo foi adicionado e – pelo menos para mim – a “graça” do Sheldon (a melhor coisa da série) está cada vez mais forçada. Sua imagem tá ficando saturada.

Samantha Who ? : Temporada ainda melhor que a primeira. Christina Applegate está roubando a cena completamente e se firma como a melhor humorista no ar atualmente. O resto do elenco também não deixa a desejar. E o roteiro etá impecável – o que me surpreende.

Greek: Temporada tão boa quanto a primeira. Está dentro do esperado.

90210: Os episódios são uns piores que os outros. O roteiro e fraco e o elenco é terrivelmente amador. Nem sei porque continuo assistindo a série. Um lixo.

Privileged: a prima menos conhecida da – injustamente – badalada 90210 é uma ótima série. A melhor estréia do The CW e, de longe, uma das melhores dessa fall season. Não é uma série pretenciosa, mas é simples e divertida.

Bem, é isso.

Querem opiniões detalhadas sobre cada uma dessas séries ? Aguardem.

Durante a semana elas virão !

De volta !

Pois é.

Depois de um tempo longe do VeS e de pensar em MIL modificações no formato do site, decidi ficar por aqui mesmo, sem ter que mudar endereço e começar do zero.

Mudanças vão haver, pois eram necessárias e continuam sendo, mas elas serão feitas no decorrer do tempo, juntamente com vocês, que sempre frequentaram o site.

Teremos colaboradores, pra que o trabalho não fique sempre nas minhas costas e as atualizações se mantenham constantes.

É o VeS de sempre, com algumas melhorias… Resultado: Um Blog de séries perfeito !